• Home
  • /
  • Blog
  • /
  • Indicadores quantitativos X qualitativos: qual a diferença?

Indicadores quantitativos X qualitativos: qual a diferença?

marketing |
22 de dezembro de 2019
3 Comentários
Por: Raphaela Bagnete

Primeiramente, você sabe o que são os indicadores de resultados e qual a importância deles? 

Os indicadores qualitativos e quantitativos são os elementos que mostram se as estratégias escolhidas estão trazendo resultados. Para defini-los, é importante ter em mente quais são os pontos importantes para o seu cliente. 


Imagem: minerandodados.com.br 

Qual a importância desses indicadores para uma agência?

Em cada parte da agência existem suas particulares e, com isso, pontos que são mais ou menos importantes. 

Como por exemplo em SEO, o tráfego orgânico mostra se uma estratégia está ou não dando certo. No caso da compra de mídia, o alcance de pessoas e a geração de leads também podem apontar a saúde do projeto.  

Já no caso dos conteúdos e design, por exemplo, os indicadores são outros e menos objetivos. Isso torna mais difícil saber se as estratégias estão dando certo e se o cliente está ou não satisfeito com o investimento que tem feito. 

Agora, é importante entender melhor o que são esses dois indicadores e como mensurá-los: 

  • Indicadores quantitativos 

Quando falamos de indicadores quantitativos, nos referimos ao volume de entrega, entrega dentro do prazo e aumento no número de visitas do blog, por exemplo. Por serem fatores objetivos, são mais fáceis de quantificar. 

No entanto, talvez o que você acha que está sendo um fator positivo pode não estar atendendo às expectativas do cliente. Por isso, para que eles mostrem de fato se os resultados estão satisfatórios, é necessário avaliar a satisfação do cliente. 

Para medir seus indicadores quantitativos de maneira ideal, é preciso unir itens objetivos e subjetivos. 

  • Indicadores qualitativos 

E quando falamos de indicadores qualitativos, torna-se um assunto mais subjetivo. Pois nele mensuramos se o cliente gostou ou não de um layout, por exemplo. Se o conteúdo de um artigo está adequado ou, então, se um artigo ou um layout está de acordo com a linguagem que o cliente costuma usar. 

Mas os feedbacks do cliente com “gostei” ou “não gostei” não são palpáveis e não oferecem uma base de comparação eficiente. 

Para medir esses indicadores a sugestão é torná-lo algo mais sólido, oferecendo ao cliente escalas de 0 a 10 para as avaliações. 

Assim, fica mais fácil pontuar o que precisa ser melhorado em cada setor da agência e acompanhar o desenvolvimento da equipe. 

Gostou do conteúdo? Compartilhe com os amigos! 

Ficou alguma dúvida sobre indicadores quantitativos e qualitativos? Entre em contato e vamos trocar uma ideia.

categorias +

Posts em destaque