fbpx
  • Home
  • /
  • Blog
  • /
  • Conheça os aplicativos nativos e web: diferenças e vantagens

Conheça os aplicativos nativos e web: diferenças e vantagens

marketing |
27 de abril de 2018
0 Comentários
Por: Rafael Rangel

Ao trabalhar com foco em experiências que causem impacto positivo no público, você certamente já se perguntou sobre quais são as diferenças entre aplicativos nativos e web. Ambos podem proporcionar funcionalidades bastante inovadoras ao seu público, mas é necessário conhecer as suas características para tomar uma decisão sábia.

Aplicativos nativos e web são duas formas bem distintas de oferecer serviços ao público. Para escolher o formato adequado, você precisa considerar as funcionalidades que pretende levar ao seu público e o que cada um desses dois pode trazer a você.

Está planejando criar um aplicativo para a sua empresa? Então confira o artigo para entender melhor.

O que são aplicativos nativos?

Você provavelmente utiliza vários aplicativos nativos durante o dia a dia. É o caso, por exemplo, do WhatsApp, Uber, iFood, entre outros. São apps com funções que são executadas a partir do próprio smartphone e não dependem de páginas da web para exibirem conteúdo.

Um dos principais diferenciais de aplicativos nativos é que costumam utilizar os vários recursos que estão à disposição em dispositivos móveis, como o GPS e a câmera. Isso permite que sejam oferecidas funcionalidades úteis ao usuário com a ajuda desses recursos.

Aplicativos nativos também podem fazer uso do envio de notificações para avisar o público a respeito de alguma ocorrência. Isso permite que continue funcionando até mesmo depois de ser fechado.

O que são aplicativos web?

Com o desenvolvimento das tecnologias da web e a sofisticação das velocidades de conexão, os aplicativos web puderam se popularizar. São serviços que devem ser acessados diretamente pelo navegador de internet, seja pelo celular ou pelo computador. O aplicativo não funciona sem esse acesso.

Como todas as informações do app são hospedadas na nuvem, o usuário não precisa se preocupar com atualizações e vulnerabilidades de segurança. Afinal, sempre terá acesso à versão mais nova do recurso que está utilizando.

Diferentemente do que ocorre com aplicativos nativos: os web apps não conseguem acessar todos os recursos de hardware do aparelho. Além disso, são totalmente dependentes da qualidade da conexão à internet que o usuário possui, podendo nem abrir se a rede estiver ruim.

Aplicativos nativos e web: qual escolher?

Depois de aprender as diferenças entre aplicativos nativos e web, pode ser que você esteja em um dilema sobre qual é a melhor solução para a sua empresa. Com características bem diferentes, ambos possuem vantagens e desvantagens para diversos cenários possíveis.

O primeiro ponto que deve ser considerado é o propósito do serviço do seu aplicativo. Ele requer o uso de smartphone para fazer sentido? Ele necessita de GPS ou da câmera para proporcionar uma experiência de qualidade ao público? Então, a melhor escolha é um aplicativo nativo.

Alternativamente, você pode optar por um aplicativo web se não há necessidade de empregar esses recursos de hardware. Será possível atrair mais público, já que não é necessário instalar nada para usar o seu serviço. Lembre-se de que não será uma boa opção se a maioria dos seus usuários estiver em uma área com conexão ruim.

Tendo em mente as características principais de aplicativos nativos e web, você já pode começar a planejar como será a implementação do seu projeto. Pense em todas as suas variáveis e de que forma o seu público utilizará o seu app. De que forma você pode enriquecer essa experiência com os recursos que são característicos de aplicativos nativos e web? Considere todas as possibilidades e tome a sua decisão.

Quer saber mais sobre estratégias que podem ajudar você a potencializar os seus resultados? Então, assine nossa newsletter para receber as novidades.

Compartilhe

categorias +

Posts em destaque